Skip to content

Pulgas em gatos

Gato sendo escovado: pulgas em gatos

A infestação por pulgas em gatos é um problema bastante comum e frequente em felinos, principalmente os que frequentam a rua ou convivem com outros animais.

Chamada de puliciose, as infestações por pulgas são uma preocupação, já que este parasita pode causar muito mais do que incômodo e coceira. As pulgas também transmitem doenças que podem comprometer a saúde do seu bichano.

Ficou preocupado? Leia este artigo e saiba tudo sobre pulgas em gatos a seguir.

Conheça este parasita

As pulgas são insetos sugadores e saltadores de cor castanho-escuro, que se alimentam do sangue sugado de seus hospedeiros, como os gatos, por exemplo.

Existem cerca de 2.000 espécies diferentes de pulgas no mundo, mas a mais comum em gatos é a Ctenocephalides felis.

A pulga vive uma parte de sua vida sobre a pele dos gatos, em especial nas regiões dorsal, lombar, abdominal e perineal; e outra parte no ambiente. Para entender melhor, conheça o ciclo de vida da pulga. Ele é composto por 4 fases. Veja na imagem a seguir.

Infográfico mostrando o ciclo de vida da pulga

O ciclo de vida da pulga dura entre 3 a 6 semanas, mas esse período pode ser alterado de acordo com as condições climáticas e ambientais aos quais o gato está submetido.

Levando em consideração que pulgas adultas são capazes de postar cerca de 20 ovos por dia e que seu tempo de vida é de aproximadamente 100 dias, é possível concluir que uma pulga adulta é capaz de postar até 2000 ovos durante a sua vida.

Olhando estes números já dá para perceber o quanto infestações por pulgas em gatos são preocupantes e devem ser combatidas o quanto antes.

Sinais de que o seu gato está com pulgas

Gato com pulgas se coçando

Assim como os cães, gatos pegam pulgas através do contato direto com um outro animal infestado ou por meio da permanência em ambientes em que estiveram animais com pulgas.

Só que ao contrário dos cães, identificar um gato com pulgas é um pouco mais complicado. Isso porque eles têm o hábito de se lamber bastante, mimetizando o principal sintoma das infestações de pulgas, que é a coceira.

E ao se lamber, eles acabam engolindo alguns destes parasitas, o que dificulta ainda mais o diagnóstico já que a visualização das pulgas na pele fica prejudicada.

Por isso, para saber se o seu gato está com pulgas, fique atento a estes sinais:

  • Coceira intensa, mordendo o pelo;
  • Lambidas excessivas e por longos períodos;
  • Perda excessiva de pelo, deixando a pelagem falha ou rala;
  • Irritação e inquietação;
  • Não permanência em locais em que há maior concentração de pulgas, como carpetes, tapetes e pisos de madeira;
  • Presença de pontos vermelhos na pele (um sinal de DAPP – Dermatite Alérgica à Picada de Pulga);
  • Presença de pequenos grãos pretos (fezes de pulgas) no corpo do gato, em especial no pescoço, região lombar e próximo ao ânus;
  • Identificação visual das pulgas no corpo do gato.

Meu gato está com pulgas. O que fazer?

Gato se coçando ao lado de uma caixa de Bravecto Transdermal

Se por meio da observação dos sinais acima você chegou à conclusão de que o seu bichano está com pulgas, é hora de agir.

 Para acabar com as pulgas em gatos é preciso realizar o tratamento tanto do animal como do ambiente em que ele vive. Isso porque formas imaturas da pulga não ficam sobre o gato e sim no ambiente.

O uso de medicamentos como o Antipulgas Bravecto para Gatos elimina pulgas adultas presentes no corpo do felino e indiretamente ajudam a controlar a infestação no ambiente, já que reduzem a postagem de ovos viáveis, quebrando o ciclo do parasita.

Mas isso não exclui os cuidados com o ambiente que seu gato frequenta. O uso de aspirador em camas, sofás e tapetes ajuda no controle da infestação. Também é recomendado utilizar produtos específico para ambientes como talcos e sprays antipulgas.

Por fim, vale lembrar que as infestações de pulgas em gatos devem ser controladas o quanto antes, pois podem trazer sérios problemas para o seu gato, como vermes e dermatites alérgicas. Infestações muito severas podem levar seu gato a anemia, causando perda de peso, gengivas pálidas e apatia, em especial em bichanos idosos e filhotes.

Por isso, ao notar a presença de pulgas no seu gato, consulte um veterinário o quanto antes para que ele o oriente sobre o melhor tratamento para o seu bichano.

Quer saber mais sobre a solução contra pulgas da MSD Saúde? Veja nosso artigo em que explicamos como o Bravecto para Gatos funciona!

*Este site tem caráter informativo e não possui nenhuma ligação com a MSD Saúde Animal.

Scroll Up