Skip to content

Como fazer seu gato parar de miar: entenda as possíveis causas

novembro 6, 2019

Todos nós sabemos que os animais, assim como os seres humanos, possuem os seus meios de comunicação não é mesmo?

Logo, os cachorros latem, as vacas mugem e as galinhas cacarejam. E nesse contexto, surgem os gatinhos, famosos por miarem.

Mas vale dizer que além do miado, eles ainda possuem diversos outros meios de comunicação.

Entretanto os miados são os de mais fácil reconhecimento por parte dos humanos. Logo, acabam sendo mais notáveis.

O que fazer quando o miado é incessante?

Apesar de ser um gesto bastante fofinho e que indica a forma de comunicação dos gatos, não há tutor que aguente quando os miados são ininterruptos.

Logo, é ideal identificar o motivo para o problema e buscar resolvê-lo, não é mesmo? O problema é que os miados podem ter uma série de significados.

E os gatos, inteligentes que são, sabem que se de certa maneira irritarem os seus donos poderão conseguir o que desejam.

Entre os principais motivos para o miado incessante, podemos citar:

  1. Fome;
  2. Desejo de brincar;
  3. Cio;
  4. Desejo de entrar ou sair de algum lugar;
  5. Alguma dor ou desconforto corporal.

Também existem casos onde os bichanos resolvem miar de forma contínua durante a madrugada.

Isso acontece principalmente pelo fato desses animais não serem considerados nem diurnos e nem noturnos.

Assim, eles são considerados como crepusculares, que em resumo significa que eles são mais ativos, principalmente durante o amanhecer e o entardecer.

Ainda é importante saber que eles sabem que o dia chegou por conta da iluminação do sol.

Logo, na cabeça deles este é o momento certo de acordar e, consequentemente, sair miando pela casa.

Como prevenir ou impedir que os gatos miem exageradamente?

Segundo diversos especialistas, a melhor maneira de prevenir que o seu gato mie de maneira exagerada e inconveniente é manter uma rotina diária, com estímulos e enriquecimento físico e mental constante.

Assim, é legal que você estabeleça períodos para que ele brinque, gastando bastante energia.

Além disso, ele também deve possuir uma interação social, tendo contato com outros gatos, animais e até mesmo pessoas.

Caso o problema persista, algumas pessoas apontam que a melhor opção é ignorar o bichano.

Mas você deve se atentar a ignorar apenas os miados sem sentido provenientes de seu gatinho.

O ideal é esperar 2 minutos após ele parar de miar e, somente aí fazer o que o bichano deseja.

Dessa forma, ele vai aprender que o miado, que antes fazia com que ele conseguisse o que queria imediatamente, já não é mais tão eficiente. E, aos poucos, vai diminuir a vocalização.

Caso a situação não apresente mudanças, o indicado é levá-lo a uma clínica veterinária. Os problemas de saúde são comuns principalmente quando o miado é muito forte.

Isso pode indicar que ele está sofrendo com dores ou algum incômodo. Além disso, sempre é melhor prevenir que remediar, não é mesmo? Afinal, a saúde de seu pet não é brincadeira.

Agora você já sabe o que o miado incessante dos felinos pode indicar e qual a melhor maneira de solucionar este tipo de problema, sempre visando garantir a saúde e bem estar de seu companheiro.

Scroll Up